O vale mais premiado do Chile

O Vale do Colchagua, sub vale do Rapel, é uma das regiões vitivinícolas mais conhecidas do Chile. Localizado a 130 km (80 mi), ao sudoeste de Santiago, as videiras são protegidas naturalmente pela Cordilheira dos Andes, no leste, e pela Cordilheira da Costa, no oeste, onde fluem os rios Cachapoal e Tinguiririca (Colchagua). A maioria das vinhas está plantada no centro do vale, mas também tem plantações nas ladeiras dos morros e próximas ao mar. O vale tem recebido muitos prêmios por seus encorpados Carmenère, Syrah, Malbec e Cabernet Sauvignon, cepas que regularmente sobressaem nos ranking mundiais. A revista americana Wine Enthusiast concedeu-lhe o prêmio “Wine Region of the Year Award 2005”, outorgando-lhe o título de melhor região vitivinícola do mundo desse ano.

O Colchagua possui céus limpos e transparentes, o que permite uma perfeita e ótima radiação solar. Seu clima mediterrâneo, caracterizado por ter as quatro estações claramente definidas, não é comum de encontrar; aliás, somente existe em quatro lugares do mundo: a costa Mediterrânea, a costa da Califórnia, o Cabo da Boa Esperança na África do Sul e na costa sudeste da Austrália. A baixa taxa de humidade, a influência do Oceano Pacífico e a brisa alternada da Cordilheira dos Andes geram uma condição ótima para a produção de uva, especialmente nos meses de verão (novembro-abril), onde a amplitude térmica ascende até os 22° C (62° F) e varia entre os 13° e os 35° C (55°- 131°F), aproximadamente. O anterior faz com que a uva amadureça lentamente, com uma longa temporada de crescimento que permite alcançar uma longa cadeia molecular, a qual é responsável do aroma e do sabor da fruta.

subir